Sindicato em

Notícias

Notícias

Em resposta ao ofício enviado pelo Sindicato dos Médicos do Ceará requerendo providências sobre casos de superlotação, falta de leitos e de médicos suficientes e a demora no atendimento no Hospital Infantil Albert Sabin (HIAS), a direção da unidade informou, nessa segunda-feira (25), por meio de ofício, que foram feitas algumas adaptações para melhorar a assistência aos pacientes e garantir condições dignas de trabalho aos profissionais. 

Notícias

O Sindicato dos Médicos do Ceará informa que foi revogada a Resolução nº 2.227/18 do Conselho Federal de Medicina (CFM), a qual autorizava os médicos brasileiros a realizarem consultas online, telecirurgias, telediagnóstico, entre outras formas de atendimento à distância. A medida será oficializada e referendada em sessão plenária extraordinária no próximo dia 26 de fevereiro, em Brasília. A decisão acontece após reações das diversas entidades médicas, sociedade e Sindicatos, tendo em vista a preocupação com as graves consequências à saúde dos pacientes e à segurança dos profissionais 
Diversas ações foram realizadas pelo Sindicato dos Médicos do Ceará, junto aos Sindicatos dos Médicos da Paraíba e da Bahia, com o objetivo de suspender tal Resolução e debater a implantação do atendimento médico à distância, a exemplo do ajuizamento de Ação Ordinária, com pedido de Tutela de Urgência, em face do Conselho Federal de Medicina (CFM); e da participação do presidente da entidade, Dr. Edmar Fernandes, na última terça-feira (19), na Reunião Extraordinária do Conselho Científico da Associação Médica Brasileira (AMB), solicitando esta revogação.
As entidades compreendem a importância da aplicação da tecnologia na área da saúde com o intuito de beneficiar a qualidade do atendimento prestado. Contudo, é fundamental que a categoria médica e a população sejam ouvidas. A construção de algo importante como o avanço tecnológico aplicado na relação médico-paciente precisa ser realizada de maneira democrática e transparente. Os critérios adotados, hoje, durante uma consulta presencial garantem segurança aos profissionais e, sobretudo, aos pacientes, os quais são a verdadeira razão da Medicina.

Fonte: Assessoria de Comunicação do Sindicato dos Médicos do Ceará

Notícias

O Sindicato dos Médicos do Ceará, representado pelo Diretor Financeiro e de Patrimônio, Dr. Leonardo Alcântara, participou, nesta terça-feira (19), da apresentação dos projetos de ação da Secretaria da Saúde do Estado (Sesa), que nortearão os trabalhos da pasta no sentido de realizar uma gestão baseada na eficácia e eficiência da rede de saúde pública estadual. As propostas foram expostas pelo titular da Secretaria, Dr. Cabeto, acompanhado de gestores do órgão e diretores de hospitais.

Previous Next
Notícias

O presidente do Sindicato dos Médicos do Ceará, Dr. Edmar Fernandes, está em São Paulo para participar, nesta terça-feira (19), de Reunião Extraordinária do Conselho Científico da Associação Médica Brasileira (AMB) cujo objetivo é discutir a Resolução n° 2227/2018 do Conselho Federal de Medicina (CFM), a qual autoriza os médicos brasileiros a realizarem consultas online, telecirurgias, telediagnóstico, dentre outras formas de atendimento médico à distância.

Participam do evento os presidentes das Sociedades Nacionais de Especialidades, os presidentes das Associações Médicas de cada Estado da Federação, a Sociedade Brasileira de Dermatologia do Ceará (SBD-CE), o presidente do CFM, Carlos Vital, o vice-presidente do CFM, Mauro Ribeiro, e o relator da Resolução, Aldemir Soares.

Fonte: Assessoria de Comunicação do Sindicato dos Médicos do Ceará

Notícias

Em resposta à solicitação do Sindicato dos Médicos do Ceará requerendo reforço no corpo clínico da atenção primária e das Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) de Fortaleza, a Secretaria Municipal da Saúde (SMS) informou, no último dia 12, por meio de ofício, que fez uma reestruturação nas unidades da rede citadas fortalecendo os processos e as equipes. O pedido do Sindicato foi encaminhado, sobretudo, em consequência das constantes denúncias acerca da superlotação nas unidades de saúde, em especial, de urgência e emergência, tendo em vista a sazonalidade do período chuvoso que intensifica os casos de viroses e outras doenças.

Segundo o documento, a Secretaria vem reestruturando a Atenção Primária para fortalecer os recursos humanos. O ofício destaca ainda que “para tanto lançou o Programa Médico Família/Fortaleza com o objetivo de iniciar a formação de profissionais médicos para Atenção Primária”.

Fonte: Assessoria de Comunicação do Sindicato dos Médicos do Ceará

Notícias

Em resposta ao ofício enviado pelo Sindicato dos Médicos do Ceará solicitando a regularização no pagamento dos salários de médicos que atuam nas Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) e demais locais de saúde, a diretoria do Instituto de Saúde e Gestão Hospitalar (ISGH) informou, nessa sexta-feira (15), por meio de ofício, que os pagamentos dos profissionais contratados pelo Instituto e suas filiais já estão regularizados. A solicitação foi oficiada no último dia 11, após o Sindicato receber denúncias de que médicos estavam com o salário de janeiro atrasado, e, conforme as reclamações, não haveria previsão de pagamento.

Notícias

O Sindicato dos Médicos do Ceará recebeu, nesta segunda-feira (18), a Dra. Maria Tereza Sá Leitão Ramos Borges, presidente da Sociedade Brasileira de Cardiologia - Regional Ceará (SBC-CE), e o Dr. Joel Isidoro Costa, presidente da Sociedade Cearense de Terapia Intensiva (SOCETI), com o objetivo de discutir sobre a nova sistemática de atendimento adotada na emergência cardiológica do Hospital Monte Klinikum, em Fortaleza, que prevê a dispensa de plantonistas cardiologistas de suas funções e a substituição dos profissionais pela Telemedicina, atendimento médico à distância.

Notícias

O Sindicato dos Médicos do Ceará foi surpreendido, neste sábado (16), com a informação de que os cardiologistas do Hospital Monte Klinikum, em Fortaleza, serão dispensados de suas funções e substituídos pela Telemedicina, atendimento médico à distância. Ou seja, os pacientes que procurarem a unidade não serão mais recebidos por especialistas “in loco”, mas por profissionais situados em outras regiões do País, colocando em risco a segurança do diagnóstico e tratamento, principalmente, em questões graves, como os problemas cardíacos.

A implementação da tecnologia está se baseando na Resolução n° 2227/2018 do Conselho Federal de Medicina (CFM), cuja previsão autoriza os médicos brasileiros a realizarem consultas online, telecirurgias, telediagnóstico, dentre outras formas de atendimento médico à distância. Contudo, a norma ainda não está em vigor, tendo em vista as inúmeras ações que seguem sendo promovidas por diversas entidades questionando pontos importantes envolvendo o assunto.
O Sindicato dos Médicos do Ceará informa que várias medidas estão sendo adotadas, junto ao Sindicato dos Médicos da Paraíba e da Bahia, a fim de suspender a Resolução. Na última segunda-feira (11), a entidade ajuizou Ação Ordinária, com pedido de Tutela de Urgência, em face do Conselho Federal de Medicina (CFM), para conter a Resolução.

As entidades compreendem a importância da tecnologia na Medicina, desde que essa implantação seja debatida com os Conselhos Regionais, entidades médicas, profissionais e sociedade civil, sobretudo, tendo em vista as consequências graves que tal Resolução representa à saúde da população e à segurança do médico.

O Sindicato dos Médicos do Ceará acompanhará a situação do Hospital Monte Klinikum e adianta que realizará uma reunião, nesta semana, entre os gestores da unidade solicitando esclarecimentos acerca de tal decisão.

Fonte: Assessoria de Comunicação do Sindicato dos Médicos do Ceará

Notícias

A grave situação enfrentada nos hospitais públicos do Estado e nas Unidades de Pronto Atendimento (Upas) foi pauta de reunião, nessa segunda-feira (11), entre os representantes do Sindicato dos Médicos do Ceará, Conselho Regional de Medicina do Estado do Ceará (CREMEC), Instituto de Saúde e Gestão Hospitalar (ISGH) e o titular da Secretaria de Saúde do Estado (Sesa), Dr. Cabeto. O objetivo do encontro foi alinhar a execução de estratégias concretas para solucionar os sérios problemas na saúde pública, como a internação de pacientes nos corredores das unidades e a falta de estrutura adequada para realização dos atendimentos médicos. 

Notícias

O Sindicato dos Médicos do Ceará ajuizou, nessa segunda-feira (11), Ação Ordinária, com pedido de Tutela de Urgência, em face do Conselho Federal de Medicina (CFM). A entidade, junto ao Sindicato dos Médicos da Paraíba e da Bahia, realizará uma série de medidas a fim de suspender a Resolução n° 2227/2018, cuja previsão autoriza os médicos brasileiros a realizarem consultas online, telecirurgias, telediagnóstico, dentre outras formas de atendimento médico à distância.

logo---sindmed-2018---branco.png

Rua Pereira Filgueiras, 2020, 9º Andar - Aldeota
CEP: 60160-194 / Fortaleza - CE
Fone: (85) 3261-4788 / 98956-5419
Email: atendimento@sindmedce.org.br

Receba os nossos Boletins de Notícias!

Não enviamos Spam! Fique atento ao seu e-mail.