Sindicato em

Notícias

Notícias

O Sindicato dos Médicos do Ceará oficializa nesta segunda-feira (26), junto com a Associação Médica Cearense (AMC), o apoio à campanha “Médicos por Amor”, um ato de solidariedade dos profissionais cearenses para a população do nosso Estado após o anúncio da reformulação do Programa Mais Médico e da saída dos intercambistas cubanos. O objetivo é que os médicos ofereçam trabalho voluntário até que a seleção dos novos profissionais seja finalizada.

Leia mais: Em prol do tratamento de crianças e adolescentes com câncer, Sindicato Cidadão apoia McDia Feliz

Sindicato Cidadão: passeio ciclístico chama atenção para o Setembro Dourado

A proposta dos médicos que idealizaram a ação, Paulo Vasconcelos e Mayra Pinheiro, é envolver os profissionais numa corrente de solidariedade por meio da prestação de atendimentos voluntários às pessoas mais necessitadas.

A expectativa é que o período de voluntariado seja de cerca de 30 dias, sendo concluído em 25 de dezembro. Os médicos interessados em fazer parte dessa campanha poderão se inscrever por meio do link de adesão via WhatsApp: https://chat.whatsapp.com/GEP038rUsZXGWL66esEGRu ou no telefone (85) 98956.5419. Neste contato, as Prefeituras e as Secretarias de Saúde dos municípios poderão planejar junto aos médicos o trabalho voluntário.

Fonte: Assessoria de Comunicação do Sindicato dos Médicos do Ceará

Notícias

O Sindicato dos Médicos do Ceará sediará palestra gratuita sobre como se preparar financeiramente para um processo de sucessão destinada à categoria médica e estudantes de medicina. A ação, realizada por meio da parceria entre a empresa Mongeral Aegon Seguros e Previdência e a entidade, acontecerá dia 6 de dezembro, a partir das 19 horas, no auditório do Sindicato. Na ocasião, haverá o sorteio de três mochilas da Mongeral para os associados adimplentes presentes ao evento.

Leia mais: Presidente do Sindicato dos Médicos ministrará palestra sobre câncer de mama para familiares de adolescentes de centro de ressocialização

Sindicato Itinerante: palestra sobre planejamento financeiro para médicos e estudantes de medicina é realizada em Sobral

Ministrada pelo advogado Henrique Pinheiro, especialista em Processo do Trabalho, com experiência em direito empresarial e sucessório, a palestra apresentará aos participantes informações sobre como programar os custos em casos relacionados a processos de inventários, facilitando os trâmites e evitando possíveis transtornos entre os herdeiros.

Os interessados em participar devem se inscrever por meio do telefone (85) 3261.4788. As vagas são limitadas.


Serviço:
Palestra “Como se preparar financeiramente para um processo de sucessão”
Data: 06 de dezembro de 2018 (quinta-feira)
Horário: 19h
Local: Auditório do Sindicato dos Médicos do Ceará – Rua Pereira Filgueiras, nº 2020, 9º Andar - Fortaleza.
Público: Médicos e estudantes de medicina

Fonte: Assessoria de Comunicação do Sindicato dos Médicos do Ceará

Notícias

O Sindicato, por meio de sua Assessoria Jurídica, convoca os médicos que realizam contribuição ao Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) para analisar a possibilidade de restituição de valores pagos a mais que o exigido. Tal situação é comum aos profissionais que possuem mais de um vínculo trabalhista e, muitas vezes, contribuem, indevidamente, acima do teto do Regime Geral de Previdência, cujo montante hoje é de R$ 5.645,00.

Leia mais: Jurídico em Ação: Sindicato notifica entidades sobre suspensão de atendimentos na emergência do Hospital de Messejana

Jurídico em Ação: médicos são convocados a pleitear indenização por ilegalidade em contratações

Para verificar se há valores a serem restituídos, o médico deverá buscar informação no Sindicato, que analisará a situação previdenciária do profissional e tomará as medidas adequadas. A orientação jurídica prestada aos médicos associados é gratuita.

Fonte: Assessoria de Comunicação do Sindicato dos Médicos do Ceará

Notícias

Em busca da garantia de segurança pública nos postos de saúde de Fortaleza, palcos recorrentes de cenas violentas, o Sindicato dos Médicos do Ceará, representado por seu presidente Dr. Edmar Fernandes, reuniu-se, nessa terça-feira (13), no Paço Municipal, com o Prefeito Roberto Cláudio, com o objetivo de resolver a questão. Contudo, mais uma vez, a gestão municipal não se fez interessada pela causa, apresentando propostas inadequadas e que não resguardam a vida da população. 

Notícias

O Sindicato dos Médicos do Ceará realizou, nesta terça-feira (13), nova reunião com diretores da operadora de saúde Hapvida e representantes da categoria médica em mais uma tentativa de solucionar as denúncias recebidas pela entidade, em especial, relacionadas aos casos envolvendo os anestesistas. 

Previous Next
Notícias

O Sindicato dos Médicos do Ceará realizou, nesse domingo (11), o Passeio Ciclístico Novembro Azul, com concentração no Parque do Cocó. A iniciativa fez parte das ações da campanha do Novembro Azul de conscientização sobre a importância dos cuidados com a saúde, em especial, a respeito do câncer de próstata e diabetes. A atividade contou com a participação de dezenas de pessoas que, além de praticarem a solidariedade e ajudarem crianças e adolescentes com câncer, viveram uma manhã diferente. 

Notícias

O Sindicato dos Médicos do Ceará comemora mais uma conquista em prol da categoria médica, a implantação do Plano de Cargos, Carreiras e Salários (PCCS) dos médicos do município de Maracanaú. A vitória veio após anos de um intenso trabalho, com ações promovidas pelos profissionais e pela entidade no sentido de instituir um plano que atendesse as reais necessidades da categoria. O Sindicato continuará acompanhando a questão para que todos os benefícios sejam garantidos. 

Notícias

Mesmo ciente da grave carência de leitos pediátricos em Fortaleza, a direção do Hospital Gonzaguinha da Barra do Ceará comunicou aos médicos pediatras, nesta terça-feira (6), a decisão de que fechará o setor de emergência pediátrica. A situação se agrava ainda mais quando os médicos que trabalham na unidade, alguns há mais de 20 anos, foram informados sobre o caso, por meio de mensagem via WhatsApp, sem aviso prévio, de que teriam apenas as opções de serem alocados na emergência da neonatologia, no próprio hospital, ou direcionados para outras unidades.  

Notícias

Mais um caso claro de abuso de poder e retaliação relacionada a posicionamento político contra a categoria médica foi denunciado ao Sindicato dos Médicos do Ceará, nesta segunda-feira (05). O médico cirurgião geral, Dr. Fernando Luz, foi dispensado do Hospital Regional do Cariri onde atuava desde 2011, após ser alvo de acusações comprovadamente inverídicas pela própria Sindicância do Hospital. Este é o quarto afastamento de médicos de unidades da rede pública de saúde registrado nas últimas duas semanas no Ceará, sem justificativa do Poder Público. Diante disso, a entidade irá apurar os fatos e buscará as punições cabíveis, incluindo a solicitação de afastamento dos gestores responsáveis.

Leia mais: Sindicato em Ação: campanha “Contra o abuso de poder e perseguição. A favor da saúde” já está nas principais ruas e avenidas de Fortaleza

Sindicato dos Médicos do Ceará emite Nota de Repúdio à retaliação sofrida por médica ex-presidente da entidade

Segundo documentos recebidos pela entidade, a diretoria do hospital emitiu comunicação de demissão por justa causa, mesmo a Sindicância tendo concluído que não houve qualquer irregularidade quanto ao comprometimento do profissional em sua atuação nos plantões, “Quero afirmar, com toda clareza, que estou sendo desligado do serviço por uma decisão meramente política. (...) E ainda querem alegar justa causa. Isso é politicagem das mais grosseiras. Vou brigar na justiça, não para retornar ao serviço, mas para deixar bem claro a injustiça que está sendo cometida. (...) O resultado dessa luta não servirá pra mim, mas talvez sirva para os que continuam”, declara em nota Dr. Fernando Luz.

O presidente do Sindicato, Dr. Edmar Fernandes, afirma que todos os casos caracterizados como retaliação política e abuso de poder contra os profissionais médicos serão investigados pela entidade. “Este já é o quarto caso em cerca de 15 dias de médicos que são afastados de suas funções sem justificativa, ficando claro que estas atitudes são meramente relacionadas a posicionamentos políticos. Não vamos de maneira alguma aceitar esse tipo de enfrentamento do poder público”, relata.


“Contra o abuso de poder e perseguição. A favor da saúde”
A campanha “Contra o abuso de poder e perseguição. A favor da saúde” já está nas principais ruas e avenidas de Fortaleza. Promovida pelo Sindicato dos Médicos do Ceará, a iniciativa tem como objetivo manifestar o completo repudio da entidade quanto aos últimos acontecimentos de retaliação a profissionais médicos que denunciaram o descaso do poder público na prestação de uma saúde digna para a população. O Sindicato continuará firme na busca pela garantia de direitos da categoria médica e da sociedade, dentre eles a liberdade de expressão, especialmente, a respeito da precariedade da saúde devido à falta de compromisso da gestão pública.


Conheça os outros casos
Dra. Mayra Pinheiro
Médica neonatologista e ex-presidente do Sindicato dos Médicos do Ceará, foi afastada das suas atividades no Hospital Geral de Fortaleza (HGF), as quais exercia há mais de 20 anos, após denunciar pacientes alocados nos corredores da unidade, relatos estes realizados há cerca de cinco anos pela profissional, responsável por criar o Corredômetro, levantamento para divulgar e compartilhar com a sociedade o número de pessoas que aguardam por leito digno nos corredores dos hospitais públicos do Estado, demonstrando o descaso das autoridades com a saúde.

Dr. Rodrigo Ferreira Gomes
Foi despedido, sem aviso prévio, do Hospital Maternidade João Ferreira Gomes, no município de Itapajé, local onde atuava há seis anos como clínico-geral e médico de saúde da família. Segundo o médico, ele chegou à unidade para realizar seu plantão e foi surpreendido com outro profissional no seu lugar, e a diretoria administrativa não soube justificar o motivo pelo qual ele estaria sendo substituído. Em respeito aos pacientes que o aguardavam para serem atendidos, Dr. Rodrigo providenciou um local e realizou seu trabalho na calçada.

Dr. Fábio Vieira Garcia Neto
O médico também foi despedido, sem aviso prévio, do Hospital Maternidade João Ferreira Gomes, no município de Itapajé. Ao chegar para trabalhar, outro profissional já estava atuando em seu lugar. A diretoria da unidade também não lhe informou os motivos para o afastamento.

Fonte: Assessoria de Comunicação do Sindicato dos Médicos do Ceará

Previous Next
Notícias

Após o Sindicato dos Médicos do Ceará, por meio da sua Assessoria Jurídica, oficiar a operadora de saúde Hapvida solicitando esclarecimentos acerca de denúncias recebidas com relação a casos de desrespeito à categoria médica, em especial aos anestesistas, ocorreu, na última terça-feira (30), reunião entre o presidente da entidade, Dr. Edmar Fernandes; o diretor do Conselho Regional de Medicina do Estado do Ceará - CREMEC, Dr. Marcelo Esmeraldo; o superintendente Nacional da Rede Hospitalar da Hapvida, Dr. Anderson Nascimento; a presidente da Sociedade de Anestesiologia do Estado do Ceará – Saec, Dra. Shirley Paiva; e médicos anestesistas. 

logo---sindmed-2018---branco.png

Receba nossos Boletins

Não enviamos Spams!