Sindicato dos Médicos oficia ISGH por atraso no pagamento da gratificação Covid

O Sindicato dos Médicos do Ceará oficiou, no último 04 de junho, o Instituto de Saúde e Gestão Hospitalar (ISGH) por atraso no pagamento da gratificação Covid. Segundo denúncias recebidas pelo Departamento Jurídico, os médicos que trabalham nas Unidades de saúde administradas pelo Instituto estão desde abril sem receber o benefício.

De acordo com o Departamento Jurídico, os profissionais alegam que a gratificação referente ao mês de abril deveria ser paga em maio, mas até o momento não receberam. Eles dizem ainda que não houve, por parte do ISGH, qualquer previsão de quando o pagamento será efetuado.

No ofício, o Sindicato solicita ao Instituto que apure a situação e, caso confirmado, que seja regularizada o quanto antes. A entidade reforça que a gratificação é uma contraprestação justa à categoria médica, a qual se dedica, incansavelmente, na linha de frente no combate à pandemia da Covid-19.

“Essa gratificação aos médicos, além de justa, é um reconhecimento a todo o trabalho e dedicação desses profissionais no combate à pandemia. O Sindicato segue fiscalizando e, sempre que necessário, tomará todas as providências para regularização dos pagamentos”, afirma o presidente do Sindicato, Dr. Leonardo Alcântara.

O Sindicato reitera seu compromisso pelo resguardo, proteção e valorização dos médicos cearenses, e destaca que está monitorando as informações sobre a Covid-19 e sua consequência para a classe.

Fonte: Comunicação do Sindicato dos Médicos do Ceará

Assine nossa newsletter

Fique atualizado sobre todas as notícias e oportunidades!

Fale Conosco