Sindicato em

Notícias

Notícias

Em meio a tentativas de retirada de direitos dos servidores médicos, Sindicato se reúne com vereadores de Fortaleza

A atual tramitação de projetos na Câmara Municipal de Fortaleza (CMFor) que tentam excluir conquistas importantes dos servidores, como a Licença Prêmio e o Anuênio, trouxe grandes preocupações e receio para a categoria. Em mais uma ação desde que o projeto chegou à Casa Legislativa, a Diretoria do Sindicato dos Médicos do Ceará se reuniu, nesta sexta-feira (19), com vereadores para discutir a temática.

Leia mais: Sindicato solicita ao Cremec que fiscalize condições precárias para atuação médica no Hospital Leonardo da Vinci

Em Assembleia, médicos servidores de Fortaleza decretam Estado de Greve

Na reunião, estiveram presentes o presidente do Sindicato, Dr. Edmar Fernandes, o Diretor Financeiro e de Patrimônio da entidade, Dr. Leonardo Alcântara, os vereadores Gardel Rolim (PDT), líder governista na Câmara Municipal, e Jorge Pinheiro (PSDB), vice-presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Casa.

Na ocasião, a Diretoria do Sindicato solicitou o adiamento da votação em segundo turno dos projetos relacionados à Previdência do município (Projeto de Emenda à Lei Orgânica nº 2 / nº 4 de 2021).  Os representantes da entidade pediram mais tempo para que as matérias fossem efetivamente discutidas com os servidores, tendo em vista que a rápida tramitação sem abertura de diálogo só traria prejuízos à categoria médica.

A entidade também se prontificou em apresentar, o mais rápido possível, propostas à Reforma da Previdência que pretendem beneficiar o médico servidor de Fortaleza. “A reunião de hoje foi bastante produtiva. Conversamos com os parlamentares, explicamos a nocividade dos projetos em tramitação e suas consequências para a classe. É preciso lembrar que estamos em um cenário de pandemia. Nossos médicos precisam ser valorizados, e não terem seus direitos excluídos”, declara o presidente do Sindicato.

A diretoria da entidade também solicitou reunião com o Prefeito de Fortaleza para discutir o tema. Em Assembleia Geral Extraordinária (AGE), realizada pelo Sindicato na última quarta-feira (17), os médicos de Fortaleza deliberaram, em unanimidade, a favor do Estado de Greve. A situação deixa os governantes em alerta para uma possível paralisação das atividades dos profissionais.

O Sindicato dos Médicos do Ceará reafirma o seu compromisso com a classe, estando sempre de prontidão para trabalhar em prol dos seus direitos.

Fonte: Assessoria de Comunicação do Sindicato dos Médicos do Ceará

logo-sindmed-2018-branco-rodape.png

Rua Pereira Filgueiras, 2020, 9º Andar - Aldeota
CEP: 60160-194 / Fortaleza - CE
Fone: (85) 3261-4788 / 98956-5419
Email: atendimento@sindmedce.org.br
Horário de atendimento: 8h às 12h e 13h às 17h, de segunda a sexta-feira 

 

Receba os nossos Boletins de Notícias!

Não enviamos Spam! Fique atento ao seu e-mail.