Sindicato em

Notícias

Notícias

Saúde precisa de segurança: Sindicato dos Médicos visita UPA Jangurussu após mais um registro grave de violência

O presidente e o diretor financeiro do Sindicato dos Médicos do Ceará, Dr. Edmar Fernandes e Dr. Leonardo Alcântara, visitaram na sexta-feira (24), a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do bairro Jangurussu. Sem segurança e câmeras, o local, sob responsabilidade da Prefeitura de Fortaleza, foi palco de um roubo violento contra profissionais e pacientes cometido por criminosos armados.

Leia mais: Sindicato em ação: Segurança nas unidades de saúde é tema de mais uma reunião com Prefeito de Fortaleza

Sindicato dos Médicos cobra providências da Prefeitura de Fortaleza após mais um caso de violência em posto de saúde


Constatamos aqui mais um caso gravíssimo de violência e da falta de segurança nas unidades de saúde de Fortaleza que não contam com equipe de guardas, câmeras ou outro qualquer dispositivo que possa salvar médicos, profissionais e pacientes de uma situação extrema. É uma falta de respeito e uma clara demonstração de irresponsabilidade da Prefeitura”, destaca o Dr. Edmar Fernandes.

No local, ainda era possível encontrar os vestígios da ação da violência: computadores quebrados, portão principal quebrado, mesas e cadeiras fora de lugar, extintor jogado ao chão e funcionários assustados.

Os médicos se trancaram em uma sala que não conta com chave e precisaram segurar o trinco da porta enquanto um dos bandidos forçava a entrada. O desespero durou cerca de 15 minutos até a chegada da polícia quando houve disparos de tiro e um dos criminosos machucou o braço ao tentar fugir. “O bandido que se cortou foi atendido por um dos médicos que ele ameaçou. É inacreditável essa situação”, enfatiza o gestor.

O Sindicato, ciente do seu papel de defesa da categoria médica e de busca por uma saúde pública digna, oficiou a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), o Prefeito de Fortaleza Roberto Cláudio e o Instituto de Saúde e Gestão Hospitalar (ISGH), solicitando, além de melhorias estruturais, tendo em vista a falta de câmeras, o piso do repouso médico prestes a desabar e o teto da UPA em péssimas condições, o retorno de equipe armada fixa para garantir a segurança da unidade.

Fonte: Assessoria de Comunicação do Sindicato dos Médicos do Ceará

logo-sindmed-2018-branco-rodape.png

Rua Pereira Filgueiras, 2020, 9º Andar - Aldeota
CEP: 60160-194 / Fortaleza - CE
Fone: (85) 3261-4788 / 98956-5419
Email: atendimento@sindmedce.org.br
Horário de atendimento: 8h às 12h e 13h às 17h, de segunda a sexta-feira 

 

Receba os nossos Boletins de Notícias!

Não enviamos Spam! Fique atento ao seu e-mail.