Sindicato em

Notícias

Notícias

Sindicato dos Médicos realiza nova reunião com diretores da Hapvida para solucionar denúncias

O Sindicato dos Médicos do Ceará realizou, nesta terça-feira (13), nova reunião com diretores da operadora de saúde Hapvida e representantes da categoria médica em mais uma tentativa de solucionar as denúncias recebidas pela entidade, em especial, relacionadas aos casos envolvendo os anestesistas. 

Leia mais: Sindicato dos Médicos do Ceará realiza reunião com Hapvida para solucionar denúncias apresentadas pelos anestesistas

Sindicato em ação: Hapvida suspende serviço de consulta médica online

Na ocasião, o superintendente Nacional da Rede Hospitalar da Hapvida, Dr. Anderson Nascimento, destacou que, após as últimas reuniões realizadas junto à entidade, foi resolvido que os anestesistas poderão ser contratados por meio de pessoas jurídica própria, sem a necessidade de serem sócios de empresa de terceiros. Outro encaminhamento tomado pela operadora, segundo o superintendente, é que não será mais permitida a participação do mesmo profissional em procedimentos simultâneos.

Segundo o presidente da entidade, Dr. Edmar Fernandes, é muito importante que o diálogo esteja sempre presente para que situações graves possam ser resolvidas e os direitos dos profissionais sejam respeitados. “A nossa missão é buscar que o serviço de Saúde seja prestado de forma segura e eficiente, além de trabalharmos sempre com o intuito de que os médicos tenham todos os seus direitos preservados. Com tais objetivos e diante das denúncias que ainda estamos recebendo, decidimos acionar a operadora na tentativa de negociar soluções, antes de entrarmos com alguma ação junto ao Ministério do Trabalho. Caso nada de satisfatório seja feito, tomaremos as medidas cabíveis”, enfatiza.

A médica anestesista Dra. Vládia Freiras, que trabalhou na rede Hapvida por 15 anos, detalhou, na oportunidade, como se estabelecia a relação contratual com a operadora. “Nós, profissionais, lamentamos essa situação, pois nosso relacionamento com o grupo sempre foi além de simples percentuais, mas sim uma construção de trabalho sério. Apesar de todas as dificuldades, a exemplo da exigência de plantão de 12 horas, anestesistas, que foram impedidos de trabalhar, queriam estar atuando”, desabafou.

Entenda o caso

No último dia 30 de outubro, o Sindicato dos Médicos esteve reunido com os representantes da rede Hapvida para tratar sobre as denúncias apresentadas pelos anestesistas com relação a casos de desrespeito aos profissionais, em especial, a cargas horárias exaustivas e contratações irregulares. Na ocasião, o superintendente da operadora se propôs levar as demandas para a gestão e, em seguida, expor as soluções.

Na ocasião também foram apresentadas aos diretores da operadora outras denúncias, a exemplo do Projeto de Consulta de Retorno, cuja proposta, conforme relatos recebidos pela entidade era prestar consultas médicas online. Serviço este proibido pelo Código de Ética Médica, devido aos riscos que os pacientes enfrentam em decorrência de não serem consultados por um médico presencialmente. Após ofício enviado pelo Sindicato, o serviço, segundo a operadora, está suspenso.

Fonte: Assessoria de Comunicação do Sindicato dos Médicos do Ceará

logo-sindmed-2018-branco-rodape.png

SINDICATO DOS MEDICOS DO ESTADO DO CEARA
CNPJ: 06.915.268/0001-30
Rua Pereira Filgueira, 2020, 9º Andar - Aldeota
CEP: 60160-194 / Fortaleza - CE
Fone: (85) 3261-4788 / (85) 98956-5419
Email: atendimento@sindmedce.org.br
Horário de atendimento: 8h às 17h, de segunda a sexta-feira 

 

Receba os nossos Boletins de Notícias!

Não enviamos Spam! Fique atento ao seu e-mail.