Sindicato em

Notícias

Notícias

Sindicato decide oficiar o Ministério Público sobre a forma de contratação em Caucaia e pleitear aumento no valor do plantão

Na última segunda-feira (11), o Sindicato dos Médicos do Ceará realizou Assembleia Geral Extraordinária com os médicos que atuam nas Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) de Caucaia sobre possível paralisação das atividades em razão da ausência de dois meses de pagamento dos profissionais, forma de contratação, e outros assuntos de interesse da categoria. Durante a assembleia, o Sindicato decidiu oficiar o Ministério Público sobre a forma de contratação em Caucaia, além de oficiar o município para aumentar o valor do plantão.

O presidente do Sindicato dos Médicos do Ceará, Dr. Leonardo Alcântara, explicou que a convocação ocorreu devido aos recorrentes atrasos de pagamento dos profissionais que laboram nas UPAS de Caucaia e uma suposta paralisação que foi anunciada. De acordo com o presidente, para ocorrer uma greve ou paralisação, precisa esgotar todas as vias de negociações administrativas e seguir um processo legal devidamente conduzido pelo Sindicato para evitar qualquer prejuízo aos profissionais.

Leia mais: AGE: Sindicato dos Médicos do Ceará convoca médicos que atuam nas UPAs de Caucaia para tratar possível paralisação

Um dos médicos presentes na assembleia relatou que, no dia 05 de outubro, houve uma lista de profissionais que estariam dispostos a paralisar por conta do atraso salarial há dois meses, mas no dia seguinte o Ministério Público recomendou o pagamento. Ainda segundo o médico, o pagamento referente ao mês de agosto foi efetuado no dia 8 de outubro e que o de setembro seria pago até esta quinta-feira (14).

O mesmo médico disse que a Prefeitura de Caucaia teria anunciado que tentaria assumir o pagamento a partir de outubro, quando acabasse o contrato com a Fundação Leandro Bezerra. No entanto, a prefeitura teria informado, também, que tentaria prolongar o contrato com a Fundação por mais três meses.

Contratações

O presidente do Sindicato destacou que a forma de contratação no município de Caucaia é muito precária e que os profissionais ficam sem ter a quem cobrar efetivamente. “O Sindicato vai oficiar o Ministério Público sobre a forma de contratação que vem sendo praticada em Caucaia, visto que é muito prejudicial aos profissionais, inclusive quanto à manutenção do contrato com a Fundação, que vem apresentando muitos problemas quanto à execução dos contratos de gestão”, afirmou Dr. Leonardo Alcântara.

Plantões

Ainda na assembleia, uma médica solicitou que o Sindicato pleiteasse um aumento do valor dos plantões, que há três anos permanece o mesmo valor, e que, em comparação aos demais municípios da região, é o menor.

Além de oficiar o Ministério Público, o Sindicato dos Médicos do Ceará vai encaminhar ofício, também, ao município de Caucaia quanto aos valores de plantões praticados.

Fonte: Comunicação do Sindicato dos Médicos do Ceará

logo-sindmed-2018-branco-rodape.png

SINDICATO DOS MEDICOS DO ESTADO DO CEARA
CNPJ: 06.915.268/0001-30
Rua Pereira Filgueira, 2020, 9º Andar - Aldeota
CEP: 60160-194 / Fortaleza - CE
Fone: (85) 3261-4788 / (85) 98956-5419
Email: atendimento@sindmedce.org.br
Horário de atendimento: 8h às 17h, de segunda a sexta-feira 

 

Receba os nossos Boletins de Notícias!

Não enviamos Spam! Fique atento ao seu e-mail.