Sindicato em

Notícias

Previous Next
Notícias

Sindicato dos Médicos encaminha ofício ao senador Otto Alencar após desvirtuar definição de Cuidados Paliativos e pede retratação

Na última quinta-feira (23), o Sindicato dos Médicos do Ceará encaminhou ofício ao senador Otto Alencar (PSD-BA) pedindo retratação perante a categoria médica e demonstrando total desaprovação e indignação a respeito do pronunciamento feito durante a 57ª a sessão da CPI da Covid, na última quarta-feira (22). Na ocasião, o parlamentar desvirtuou sobre a definição de Cuidados Paliativos.

O Sindicato dos Médicos do Ceará tomou conhecimento acerca das palavras e entendimento do parlamentar com perplexidade sobre assuntos que abrangem a Medicina Paliativa (paliativismo) e a figura do médico paliativista. O Departamento Jurídico da entidade afirma, via ofício, que a manifestação do senador, sem conceder maiores esclarecimentos acerca de sua real intenção, atingiu a honra de toda uma classe médica especializada na Medicina Paliativa. “Por isso, associar essa abordagem às possíveis práticas criminosas da Prevent Senior, não foi prudente”, diz o trecho.

Medicina Paliativa

A entidade lembra que a medicina paliativa foi reconhecida no Brasil em 2011, por meio da Resolução do CFM no 1.973/11, e trata-se de uma especialidade médica que surgiu para trazer o conforto e alívio em uma situação de extrema fragilidade, como por exemplo, nos casos oncológicos e neurológicas, assim como após internações hospitalares prolongadas, principalmente em unidades de tratamento intensivo (UTI).

“A OMS reconhece e recomenda os cuidados paliativos como a modalidade de atendimento e assistência indicada para os portadores de doenças incuráveis e em fase avançada de evolução, para as quais todos os recursos de possibilidade de cura foram esgotados, ressaltando que o foco do tratamento é a pessoa, não a doença”, aponta o ofício encaminhado ao senador Otto Alencar.

Retratação

Ainda no ofício, o Departamento Jurídico da entidade indica um referencial bibliográfico sobre Medicina Paliativa caso o parlamentar tenha interesse em conhecer mais sobre o tema. Por fim, a entidade pede ao senador que compreenda o peso de suas palavras, que ocorrem em um momento em que a classe médica brasileira amarga grandes dificuldades decorrentes da pandemia, incluindo risco de vida.

Como entidade que busca o resguardo, a proteção e a valorização da categoria a qual representa, o Sindicato solicita a Otto Alencar que se retrate perante a classe médica. O Sindicato dos Médicos reafirma seu compromisso com a categoria e reitera que estará sempre em busca do respeito e valorização profissional.

Fonte: Comunicação do Sindicato dos Médicos do Ceará

logo-sindmed-2018-branco-rodape.png

SINDICATO DOS MEDICOS DO ESTADO DO CEARA
CNPJ: 06.915.268/0001-30
Rua Pereira Filgueira, 2020, 9º Andar - Aldeota
CEP: 60160-194 / Fortaleza - CE
Fone: (85) 3261-4788 / (85) 98956-5419
Email: atendimento@sindmedce.org.br
Horário de atendimento: 8h às 17h, de segunda a sexta-feira 

 

Receba os nossos Boletins de Notícias!

Não enviamos Spam! Fique atento ao seu e-mail.