Sindicato em

Notícias

Previous Next
Notícias

Corredômetro: cerca de 180 pacientes estão nos corredores dos maiores hospitais públicos de Fortaleza. HGF é destaque na redução do número de leitos nos corredores

Dentre os números revelados pelo Corredômentro de outubro, levantamento criado e divulgado pelo Sindicato dos Médicos do Ceará, aquele relacionado ao Hospital Geral de Fortaleza (HGF) merece destaque. Após anos seguidos de indicadores negativos, a unidade consegue demonstrar reação positiva com a implantação de medidas voltadas para o melhor gerenciamento de leitos e, consequentemente, a redução significativa de pessoas alocadas em corredores do hospital.

Leia mais: Corredômetro: cerca de 150 pacientes estão nos corredores dos maiores hospitais públicos de Fortaleza

Corredômetro: cerca de 260 pacientes estão nos corredores de unidades de saúde de Fortaleza; destes 61 estão internados em UPAs

Nesta quinta-feira (31), 177 pacientes estavam internados nos corredores dos cinco maiores hospitais públicos de Fortaleza: Instituto Dr. José Frota (IJF), Hospital de Messejana Dr. Carlos Alberto Studart Gomes (HM), Hospital Geral de Fortaleza (HGF), Hospital Infantil Albert Sabin (HIAS) e Hospital de Saúde Mental Professor Frota Pinto (HSM). Destes, 31 estavam no HGF, tendo sido 22 recebidos nas últimas 12 horas.

O presidente do Sindicato dos Médicos, Dr. Edmar Fernandes, visitou o hospital, a convite do diretor geral do HGF, Dr. Daniel Holanda, para conferir as estratégias implantadas pela gestão. Dentre as medidas destacadas pelo gestor para ampliar a rotatividade dos leitos estão: fortalecimento do apoio ambulatorial; redução no tempo de ocupação do leite de 14 para 8 dias; reestruturação das equipes profissionais; redução do tempo de tomada de decisões na emergência de 8 para cerca de 2 dias; e construção de uma sala de espera para pacientes.

Questionado sobre um suposto bloqueio quanto ao recebimento de pacientes, especialmente, aqueles vindo do Interior, o diretor ressaltou que “não há nenhuma normativa para bloqueios de pacientes no hospital”. Segundo ele, “no primeiro semestre de 2019, o HGF recebeu o dobro de pacientes vindos das UPAS administradas pelo ISGH e atendeu 30% a mais quando comparado com o mesmo período de 2018”.

“Estamos acompanhando esse trabalho de gestão está sendo realizado no HGF. É importante que reconheçamos os bons resultados e divulguemos para que as outras unidades de saúde do Estado também implantem medidas semelhantes”, destaca Dr. Edmar Fernandes.

Sobre os leitos que servem às residências médicas e estariam sendo destinadas para o recebimento de pacientes advindos de outras demandas, o diretor geral do HGF explicou que está sendo negociado junto aos responsáveis por cada residência essa disponibilidade, respeitando os perfis epidemiológicos e as necessidades de cada área. O gestor informou que a expectativa é que novas vagas de residência médica sejam abertas no hospital.

A emergência da unidade participa do terceiro ciclo do Projeto Lean nas Emergências, que objetiva atuar na promoção de melhorias e no atendimento hospitalar da urgência e emergência dos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS). Realizado em parceria com o Hospital Sírio-Libanês, de São Paulo, o projeto faz parte do Programa de Apoio ao Desenvolvimento Institucional do Sistema Único de Saúde (Proadi-SUS), do Ministério da Saúde. Hoje, o HGF conta com 545 leitos. Em janeiro de 2019, o hospital contabilizava 122 pessoas internadas nos corredores, segundo registro do Corredômetro. 

Corredômetro

Desde dezembro de 2016, o Corredômetro – antes publicado diariamente e, depois, nos dias úteis – passou a ser divulgado somente no último dia útil de cada mês, como um recorte da realidade mensal da saúde pública. Neste ano, devido à grave situação em várias unidades de saúde na Capital e região metropolitana, as UPAs também entraram nessa estatística, sobretudo por estar sendo obrigadas a realizar atendimentos fora do seu perfil, como a internação de pacientes graves em locais inadequados.Para tanto, uma ronda é feita, 'in loco', em importantes unidades de saúde, como o Instituto Dr. José Frota (IJF), Hospital de Messejana Dr. Carlos Alberto Studart Gomes (HM), Hospital Geral de Fortaleza (HGF), Hospital Infantil Albert Sabin (HIAS), Hospital de Saúde Mental Professor Frota Pinto (HSM) e em algumas UPAs, a exemplo das referidas acima.

Fonte: Assessoria de Comunicação do Sindicato dos Médicos do Ceará

 

logo---sindmed-2018---branco.png

Rua Pereira Filgueiras, 2020, 9º Andar - Aldeota
CEP: 60160-194 / Fortaleza - CE
Fone: (85) 3261-4788 / 98956-5419
Email: atendimento@sindmedce.org.br

Receba os nossos Boletins de Notícias!

Não enviamos Spam! Fique atento ao seu e-mail.