Sindicato em

Notícias

Notícias

O total de 337 pacientes estão sem leitos adequados, ‘alocados’ em corredores de cinco hospitais de Fortaleza nesta terça-feira (31). Esse triste número é do Corredômetro, um levantamento criado e divulgado pelo Sindicato dos Médicos do Ceará, em parceria com a Associação Médica Cearense (AMC), no dia 21 de abril de 2015, para compartilhar com a sociedade o descaso das autoridades com a saúde pública, o que traz sofrimento para pacientes e profissionais da área numa das cidades mais visitas por turistas no período de férias. 

Leia mais: Corredômetro: cerca de 300 pacientes estão nos corredores de apenas cinco hospitais de Fortaleza nesta sexta

Corredômetro De Apenas Quatro Hospitais De Fortaleza Soma Mais De 300 Pacientes Na Véspera Do Feriado Da Semana Santa

Desde dezembro de 2016, o Corredômetro – antes publicado diariamente e, depois, nos dia úteis – passou a ser divulgado somente no último dia útil de cada mês, como um recorte da realidade mensal. Para tanto, uma ronda é feita, 'in loco', em unidades como o Instituto Dr. José Frota (IJF), Hospital de Messejana (HM), Hospital Geral de Fortaleza (HGF), Hospital Infantil Albert Sabin (HIAS) e Hospital de Saúde Mental Professor Frota Pinto (HSM).

Fonte: Assessoria de Comunicação do Sindicato dos Médicos do Ceará

Notícias

O Sindicato dos Médicos do Ceará ingressou, na última semana, com nova Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADIN), perante o Tribunal de Justiça do Estado (Processo n° 0626562-28.2018.8.06.0000), em face das graves alterações no Código Tributário de Fortaleza promovidas pela Lei Complementar nº 241/2017 (Lei dos Alvarás).
 
 
O posicionamento da entidade está baseado, principalmente, em duas questões: primeiro, a lei em vigor traz tributação abusiva; segundo, os contribuintes estão sendo obrigados a solicitar novas licenças e alvarás, tendo em vista a revogação daqueles emitidos há um ano, representando impactos negativos na economia e no desenvolvimento social da cidade. A validade das antigas permissões vence nesta terça-feira (31), devendo ser pagas em uma única parcela.
 
As discussões a respeito do assunto mobilizam a sociedade civil e entidades - como o Sindicato dos Médicos do Ceará - preocupadas com as consequências das decisões tomadas pela Prefeitura de Fortaleza, que tem se mostrado indiferente às solicitações de que a Lei Complementar seja revogada. Inclusive, nessa segunda-feira (30), após ato de protesto de representantes das entidades contrárias à nova legislação, a Câmara Municipal retirou de pauta o projeto de lei que autorizava a prorrogação do prazo de renovação das taxas e o seu parcelamento. O Sindicato dos Médicos do Ceará segue em oposição à ‘Lei dos Alvarás’, por entender o caráter perjudical da medida à categoria e população.
 
Fonte: Assessoria de Comunicação do Sindicato dos Médicos do Ceará
 
Notícias

O Sindicato dos Médicos do Ceará publicou, nesta sexta-feira (27), na página 07, do jornal O Estado, Edital de Convocação voltado aos médicos da Atenção Básica, atuantes em Fortaleza, que trabalham em postos de saúde, sejam estes, servidores públicos efetivos, pertencentes ao Programa Mais Médicos (PMM) e/ou autônomos contratados temporariamente (RPA), para Assembleia Geral Extraordinária a realizar-se na próxima quinta-feira (02), às 19h, na sede do Sindicato, para deliberar, dentre outros assuntos, sobre as providências a serem tomadas em face do ofício nº 083/2018 enviado à Prefeitura de Fortaleza, com reivindicações da categoria, conforme deliberado na Assembleia do último dia 17 de julho. Confira abaixo o edital na íntegra:

EditalAtencaoBasicaDia02.08 27.07.18

  Fonte: Assessoria de Comunicação do Sindicato dos Médicos do Ceará

Notícias

O Sindicato dos Médicos do Ceará publicou, nesta sexta-feira (27), na página 07 do jornal O Estado, Edital de Convocação direcionado aos profissionais albergados pelo Sindicato dos Estabelecimentos de Serviços de Saúde do Estado do Ceará (SINDESSEC), para Assembleia Geral Extraordinária a realizar-se na próxima quarta-feira (01), às 19h, na sede do Sindicato, para deliberar, dentre outros assuntos, sobre a Convenção Coletiva de Trabalho a vigorar em 2018/2019. Confira abaixo o edital na íntegra:

 EditalSINDESSECDia01.08 27.07.18

 

 Fonte: Assessoria de Comunicação do Sindicato dos Médicos do Ceará

 

Notícias

Os profissionais médicos empregados da Unimed Fortaleza Sociedade Cooperativa Médica LTDA aprovaram, em Assembleia Geral Extraordinária, realizada nesta quarta-feira (25), no auditório do Sindicato dos Médicos do Ceará, Acordo Coletivo de Trabalho que irá vigorar em 2018/2019. As propostas votadas pela categoria incluíram conquistas importantes, como o reajuste salarial de 3% (três por cento); e o pagamento de um acréscimo de 100% (cem por cento) sobre o valor da hora normal quando o trabalho for realizado em feriados ou em dias de repouso semanal remunerado.

Leia mais: AGE: Médicos de Maracanaú aprovam a implantação do PCCS

Sindicato ingressa com pedido para atuar como Amicus Curiae em processo que visa garantir a realização de concurso público para a Saúde

Na oportunidade, também foi aprovada a obrigatoriedade do pagamento, pela Cooperativa, do valor equivalente a 20% (vinte por cento) do salário base do empregado quando a dispensa sem justa causa ocorrer no período de vigência do acordo coletivo. Ainda ficou estabelecido que o adicional noturno será devido sobre as horas diurnas que decorrerem da prorrogação da jornada de trabalho.

A categoria também deliberou sobre reajuste dos valores do vale-alimentação, auxílio-funeral, auxílio-creche e adicional de titulação aos profissionais que possuem título de Especialização, Residência Médica, Mestrado ou Doutorado.

Fonte: Assessoria de Comunicação do Sindicato dos Médicos do Ceará

Notícias

Dando continuidade às articulações em prol dos profissionais atuantes no Hospital Distrital Maria José Barroso (Frotinha da Parangaba), o presidente do Sindicato dos Médicos do Ceará, Dr. Edmar Fernandes, recebeu, na manhã desta quarta-feira (25), na sede da entidade, o Diretor Executivo do Hospital, Dr. Hildemar Queiroz, e o Diretor Clínico, Dr. Bruno Morano, para tratar das condições de trabalho dos médicos e da insegurança na unidade.

Leia maisSindicato em Ação: diligências e reuniões são realizadas em prol de médicos do Frotinha da Parangaba e MEAC

Jurídico em Ação: médicos comemoram vitórias em ações jurídicas protocoladas via Sindicato

“Essa reunião serviu para ouvir a direção do hospital e debater soluções. Agora, levaremos as propostas para avaliação e sugestões dos médicos”, destacou Dr. Edmar Fernandes, que no último dia 18 esteve na unidade checando as denúncias e conversando com a categoria.

Fonte: Assessoria de Comunicação do Sindicato dos Médicos do Ceará.

Notícias

Os médicos de Maracanaú aprovaram, por unanimidade, na noite dessa segunda-feira (23), em Assembleia Geral Extraordinária, realizada na sede do Sindicato dos Médicos do Ceará, a implantação do Plano de Cargos, Carreiras e Salários (PCCS) apresentado pela Prefeitura à categoria. A decisão representa uma importante vitória para os profissionais do Município que sempre buscaram junto com a entidade garantir direitos e melhorias contínuas.

Leia mais: AGE: médicos de Maracanaú são convocados para deliberar sobre PCCS

Médicos Servidores Municipais De Maracanaú São Convocados Para Age Nessa Terça-Feira (20/02)

Sindicato Aciona Órgãos Competentes E Negociação Garante Reabertura Da Emergência No Hospital De Maracanaú

Durante o encontro, o presidente do Sindicato, Dr. Edmar Fernandes, lembrou das ações promovidas pelos médicos de Maracanaú com o objetivo de instituir um PCCS que atendesse as reais necessidades da categoria. “O Plano de Cargos, Carreiras e Salários para os médicos do Município existe desde 2010, mas nunca foi implantado. Após a tomada de algumas decisões, como paralisações, a Prefeitura se comprometeu em implantar o Plano ainda neste mês. Vamos continuar acompanhando todo esse processo e atestar que tudo seja devidamente cumprido”, relatou.

Os profissionais deliberaram ainda que, após a implantação do PCCS, as discussões continuarão com a finalidade de que o Plano seja aprimorado.

Fonte: Assessoria de Comunicação do Sindicato dos Médicos do Ceará

Notícias

O Sindicato dos Médicos do Ceará protocolou, no último dia 17 de julho, pedido para atuar como Amicus Curiae na Ação de Execução de Termo de Ajuste de Conduta (TAC) impetrada pelo Ministério Público do Trabalho (Processo nº 0000256-81.2018.5.07.0004), que visa garantir o compromisso firmado pelo Município de Fortaleza – através dos TAC’s n° 871/2011 e nº 155/2014 – com a realização de concurso público na área da Saúde.

Leia mais: Jurídico em Ação: médicos comemoram vitórias em ações jurídicas protocoladas via Sindicato

Jurídico em Ação: Sindicato ganha liminar na Justiça em favor de médicos associado

A ação foi motivada pelo descumprimento dos citados Termos por parte do Município, constatado com o lançamento do Edital n° 27/2018, de 11 de abril último, com a finalidade de realizar seleção pública e contratar médicos por tempo determinado.

Tendo em vista tal situação, o Sindicato dos Médicos se disponibiliza para atuar como Amicus Curiae e, assim, colaborar com a Justiça por meio de esclarecimentos sobre questões importantes ao processo, garantindo a prestação de informações relevantes quanto à garantia do pleno e digno exercício profissional da categoria e na busca pela melhoria contínua da Saúde no Ceará.

Fonte: Assessoria de Comunicação do Sindicato dos Médicos do Ceará

Notícias

Dando sequência às constantes articulações em prol da categoria, o Sindicato dos Médicos do Ceará promoveu, nessa quarta-feira (18), visitas e reuniões visando à valorização e dignidade de médicos e pacientes. O presidente da entidade, Dr. Edmar Fernandes, esteve no Hospital Distrital Maria José Barroso (Frotinha da Parangaba) apurando denúncias relativas às condições de trabalho dos profissionais e insegurança na unidade. Em seguida, visitou o setor de neonatologia da Maternidade Escola Assis Chateaubriand (MEAC) para averiguar problemas na escala de plantão dos médicos e, na ocasião, se reuniu com a direção da referida unidade.

Leia ainda: Campanha Sindicato na Copa: sorteio define ganhadores

Em palestra sobre planejamento financeiro, dois médicos associados ao Sindicato são contemplados com bolsas de estudo da Wizard

Credibilidade e benefícios: médicos filiam-se ao Sindicato e garantem ingressos para o 16º Arraiá dos Dotô

Durante a visita no Frotinha da Parangaba, o diretor executivo, Dr. Hildemar Queiroz, já apresentou algumas respostas às más condições de trabalho identificadas na realização de cirurgias e em relação à falta de segurança da unidade. Visando dar celeridade às resoluções, o Sindicato também oficiou a direção do hospital e o Coordenador de Gestão Hospitalar e Unidades Especializadas da Prefeitura de Fortaleza, Dr. Rommel Araújo, para uma reunião.

O mesmo ocorrerá na MEAC. A direção da unidade propôs uma reunião, já na próxima semana, com os médicos e o Sindicato a fim de debaterem a melhor solução para adequadas escalas de plantão. “Há dias, por exemplo, que têm 12 médicos pela manhã e, no período noturno, três ou quatro profissionais. O pessoal da noite fica sobrecarregado”, destaca Dr. Edmar Fernandes, ressaltando o compromisso do Sindicato em participar das negociações para garantir o pleno e digno exercício profissional da categoria.

Fonte: Assessoria de Comunicação do Sindicato dos Médicos do Ceará 

Notícias

O Sindicato dos Médicos do Ceará publicou, nesta quarta-feira (18), na página 7 do jornal O Estado, Edital de Convocação voltado aos médicos empregados da Unimed Fortaleza, para Assembleia Geral Extraordinária a realizar-se na próxima quarta-feira (25), às 19h, na sede do Sindicato, para deliberar, dentre outros assuntos, sobre o Acordo Coletivo de Trabalho a vigorar em 2018/2019. Confira abaixo o edital na íntegra:

EditalAGEUnimedDia25 18.07.19

Fonte: Assessoria de Comunicação do Sindicato dos Médicos do Ceará

logo---sindmed-2018---branco.png

Receba nossos Boletins

Não enviamos Spams!