Sindicato em

Notícias

Previous Next
Notícias

Médicos da Santa Casa de Fortaleza iniciam nova paralisação com grande ato em prol da unidade de Saúde

Em ato que contou com a adesão de mais de 60 profissionais da Saúde, das mais diversas especialidades, e o apoio do Sindicato dos Médicos do Ceará, os médicos que atuam na Santa Casa da Misericórdia de Fortaleza iniciaram, nesta segunda-feira (28), nova paralisação de atividades pelo fim do limite mensal de cirurgias por cota – o que aumenta, sobremaneira, o número de pacientes nas filas –, reajuste do valor de repasse das cirurgias de média complexidade para a unidade de Saúde e regularização de honorários atrasados.

Conforme deliberado em Assembleia Geral realizada na última quinta-feira (24), a paralisação nesta segunda é total, incluindo serviços cirúrgicos e ambulatoriais. De amanhã (29) até a próxima sexta-feira (1º), continuam suspensos os serviços ambulatórias, mas as cirurgias previamente agendadas serão mantidas. Durante todo o período de paralisação, também são mantidos os atendimentos aos pacientes internados nas enfermarias e UTI, assim como para os que se encontram em tratamento de hemodiálise. Uma nova Assembleia será marcada tão logo ocorram avanços nas negociações.

O Sindicato dos Médicos vem, constantemente, informando à sociedade e autoridades competentes sobre a grave situação financeira da Santa Casa, recorrendo a todas as instâncias para garantir o pleno funcionamento da unidade, em benefício de seus pacientes. "Embora aportes financeiros tenham ocorrido, estes são insuficientes. Queremos uma solução por completo e não apenas em parte. A Santa Casa não pode ser atendida de forma paliativa", destacou o presidente do Sindicato. Dr. Edmar Fernandes.

Fonte: Assessoria de Comunicação do Sindicato dos Médicos do Ceará

logo---sindmed-2018---branco.png

Receba nossos Boletins

Não enviamos Spams!